Paredes de Coura: ‘O Mundo ao Contrário’ é aposta ganha

A iniciativa ‘O Mundo ao Contrário’ que decorreu durante o fim-de-semana em Paredes de Coura, “é uma aposta ganha” e “é para continuar”, afirmou o presidente da Câmara Municipal de Paredes de Coura, Vitor Pereira. O autarca courense acrescentou que “do ano passado para este tivemos mais público”, em função da vertente cultural dada ao evento. “Nós queremos miúdos competentes do ponto de vista escolar, mas também estimulados do ponto de vista emocional, criativo e artístico, e isto é muito bom”, disse Vítor Pereira ao ‘Correio do Minho’.

18638247_o2Vwt

Outro factor positivo foi a movimentação económica que a enorme afluência de público proporcionou ao comércio local.
“Pudemos ver os comerciantes agradados com a afluência de público. Com milhares de pessoas em Paredes de Coura a consumir, acaba por criar dinâmica muito importante para a própria vila”, frisou o autarca courense .

A iniciativa serviu, também, para os comerciantes tomarem consciência de que “além do festival (de música, que se realiza em Agosto), também há um conjunto de outros eventos-âncora que também são importantes do ponto de vista económico e da afirmação do território”, destacou Vitor Pereira.
O evento custou cerca de 100 mil euros, verba totalmente financiada pela autarquia.

O ponto alto do evento foi o Circ Panic, no sábado à noite, que juntou milhares de pessoas no centro da vila de Paredes de Coura.
Ontem, o destaque foi para as actuações de Marco Borghetti, dos Cão à Chuva – Lullaby, dos Chrysalis e Les Volcanics.

Paralelamente às actividades decorreram oficinas de criativade, artes plásticas, pinturas faciais, e foi possível apreciar instalações da artista Madalena Martins.
O evento juntou artistas de várias nacionalidades (Portugal, França, Brasil, Austrália, Bélgica, Itália e Espanha.

Pin It

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>