Ponte da Barca apresentou Naco à Terras da Nóbrega, prato concebido no âmbito do projeto Prove Alto Minho

Prato apresentado, ontem, em conferência de imprensa, na Casa da Cultura, na presença do Presidente,Vassalo Abreu, do Presidente da Associação Portuguesa de Hotelaria, Restauração e Turismo (APHORT) da Vereadora da Cultura, Turismo e Desporto, Sílvia Torres e dos proprietários dos restaurantes aderentes, vem complementar a oferta gastronómica já existente e afirmar-se como um ícone ao nível do que melhor se come em Ponte da Barca.

75067_230x180

Durante vários meses um grupo de trabalho constituído por empresários da restauração, representantes do município e da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho, chefs e cozinheiros(as) locais, a quem coube a maior parte das decisões, trabalharam afincadamente no sentido de obter este novo manjar.

O chefe Vinagre foi quem, na apresentação, confecionou o Naco à Terras da Nóbrega que recebeu muitos elogios por parte dos presentes e referiu q ue “aquele que será confecionado nos restaurantes aderentes, seguirá a mesma linha de confeção, pelo que é esperar um sabor em todo semelhante, ainda que, com o toque que cada um lhe imprime”.

Vassalo Abreu, elogiou a coragem e o trabalho dos proprietários dos restaurantes aderentes que “sem medo, congregando esforços e de olhos postos nas exigências atuais do mercado turístico, souberam acolher a iniciativa”, opinião partilhada pelo presidente da APHORT, para quem este projeto “é um exemplo de trabalho em equipa e do sucesso que as iniciativas público-privadas podem alcançar”.

São cinco os restaurantes barquenses que veem, a partir de agora, o seu cardápio enriquecido com um prato que tem tudo para ser bem sucedido, já que congrega o que de melhor Ponte da Barca produz.

Pin It

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>